LOS HERMANOS (CLASSICOS EM VINIL)

LOS HERMANOS (BRAZIL) ロス・エルマノス

  • レコード
  • 新品在庫なし
  • (注文は可能/1ヶ月未入荷の場合キャンセルのご案内を致します)

5,280円(税込)

※5,000円(税込)以上買うと送料無料!新品でも中古品でもOK!

レーベル
POLYSOM
国(Country)
BRA
フォーマット
LP(レコード)
規格番号
0000000331171
通販番号
1007505127
発売日
2019年08月03日
EAN
7898324306174
  • LINE

  • メール

商品詳細情報

Uma da bandas mais criativas e festejadas do Brasil, o Los Hermanos tem agora sua discografia completa lançada em vinil. Com supervisão do próprio grupo, o projeto consta do lançamento dos quatro álbuns de estúdio e de uma linda caixa de luxe contendo os quatro discos e mais um item exclusivo, o álbum “Los Hermanos na Fundição Progresso”. Tudo em Lps de 180 gramas, com prensagem  premium de alta qualidade. São três discos duplos (“Bloco do Eu Sozinho”, “Ventura” e “Los Hermanos na Fundição Progresso”) e dois simples (“Los Hermanos” e “4”). Com exceção do “Ao Vivo na Fundição”, todos os LPs serão vendidos separadamente. Os fãs nunca deixaram de cultuar a banda, mesmo inativa. Desde a parada, em 2007, fizeram poucos shows, mas nesse ano de 2012 rodam o Brasil numa turnê de mais de 20 apresentações, com ingressos completamente esgotados. A caixa com todos os LPs só confirma a longevidade do Los Hermanos, que segue aumentando seu público, mesmo em recesso. 'Los Hermanos' (1999) - O álbum de estreia chamou atenção de cara, pois Marcelo Camelo (voz/guitarra), Rodrigo Amarante (voz/guitarra), Bruno Medina (teclados), Patrick Lapan (baixo) e Barba (bateria) tocavam hardcore melodioso com letras falando sobre dores de amor. Rapidamente o single “Anna Júlia” virou uma febre nacional, tocando em todos os cantos e sendo regravada diversos artistas, de Frank Aguiar a Geroge Harrison. Além de “Anna Júlia”, o álbum traz outros sucessos como “Primavera” e “Quem Sabe”.

ソングリスト

  • A1. Tenha Do
  • A2. Descoberta
  • A3. Anna Julia
  • A4. Quem Sabe
  • A5. Quem Sabe
  • A6. Azedume
  • A7. Lagrimas Sofridas
  • B1. Primavera
  • B2. Vai Embora
  • B3. Sem Ter Voce
  • B4. Onze Dias
  • B5. Aline
  • B7. Barbara - Participacao: Roger Moreira